19/08/2015

Formação em Psicoterapia Reencarnacionista em São José/SC

Uma psicoterapia baseada na reencarnação que utiliza um método de regressão terapêutica que respeita o véu do esquecimento. 

AINDA TEMOS VAGAS
Inscrições abertas para nova turma em São José.
Inscreva-se e participe desta bela oportunidade de crescimento e profissionalização. 

Ministrante: Simone Ferreira (crendenciada e habilitada pela ABPR¹)
Inicio: 19 de setembro/2015  
Turno:  manhã e tarde (8:30hs às 18hs)
Requisito: ser profissional ou estudante da área da saúde oficial ou complementar e/ou médium atuante. Necessário o ensino médio.
Curso  teórico e prático na área das terapias alternativas/complementares certificado pela ABPR com 12 módulos (120hs). 01 módulo por mês  (aula sempre no sábado de cada mês)
Local:  Hotel Werlich - Campinas - São José/SC.
Investimento: R$250,00 por módulo

Informações e inscrições com:
Simone (48) 9115.3643 -  soffpsico@yahoo.com.br                  

Obs. Temos vagas para novos alunos e alunos reciclagem (com valor diferenciado).

¹ ABPR - Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista. www.portalabpr.org

5 comentários:

  1. Olá, este curso ainda existe? Quando nova turma?

    ResponderExcluir
  2. OLá! Grata pelo seu contato. Estamos com uma turma em andamento e a próxima iniciará em setembro de 2017. Sempre divulgo aqui no blog.

    ResponderExcluir
  3. Boa noite. Vc dispõe de sala para alugar no seu espaço para atendimento e cursos? Se sim, peço por gentileza para entrar em contato. Estou a procura de um espaço para atendimento com barras de access. OBRIGADA. (48) 9 91542880

    ResponderExcluir
  4. Eu tô fora, tentei,mas para mim não funcionou. Tô contente de ter pulado fora,acredito sim em responsabilidade, mas a verdadeira responsabilidade, nada de falsidade, de historinhas para se darem bem, para crescerem espiritualmente as custas de pessoas frágeis moralmente. Mas a verdadeira reforma íntima, aquela em que estamos todos nós dispostos a mudanças morais, a começar por aquelas pessoas que se consideram líderes destas reformas íntimas.

    ResponderExcluir